sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Carinho para a Casa

Gente,
Outro dia uma amiga me perguntou como faço para decorar a minha casa e me elogiou por conseguir visualizar os espaços vazios e deixá-los com a minha cara. (espero que tenha sido um elogio, rsrsr)
Coitada, mal sabe ela que não sou eu que escolho aquilo que fará parte da minha casa, eu sou escolhida.
Quando entro em uma loja, o objeto me atrai. Não importa a cor, o tamanho e se terá ou não um lugar especial para guardá-lo. Simplesmente, ele precisa ser meu.
É como um encantamento. Ele me diz: venha...venha...me leve com você...Eu levo.
Conheça os meus mais novos encantos.

Adoro as cores e o desenho, além disso é muito macia.

Comprei no Saara (RJ) foi amor a primeira vista.

Encontrei essas esferas em uma barraquinha de rua, em Porto Iguaçú, na Argentina. Tinha um monte de balagandãs, mas elas me chamaram a atenção.