terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Pensa que o paraíso é logo ali?


Você que, assim como eu, tem preguiça de fazer caminhadas e sente o suor escorrer pelo corpo antes mesmo de subir uma ladeira íngreme, ainda resta tempo de mudar se quiser atingir o paraíso.
Veja só essa escada, você quer ser um daqueles que está caindo em direção aos infernais ou o primeiro da fila. Gente, que imagem é essa?
Sem brincadeira. Essa é mais uma obra bizantina, continuando o tema que abordei no último post, chamada de “A escada da ascensão divina”.
A obra retrata uma passagem na Bíblia, descrita no Livro do Gênesis, que conta um sonho de Jacó, onde havia uma escada que ia da Terra ao Céu e pela qual os anjos subiam e desciam.
O quadro, possivelmente usado para meditação, ilustra um tratado escrito por John Klimakos, um monge cristão, que fala sobre os 30 passos no desenvolvimento espiritual.
Ao olhar para cima ou para baixo enquanto o monge sobe a escada (é o primeiro da fila), guiado por São João, é possível ver vários aspectos do céu e do inferno, da virtude e do pecado.
Todos querem alcançar a imagem de Cristo, que aguarda no final da subida, mas alguns, “cuja fé é abalada”, são puxados pelos demônios.
Repare na parte de baixo, a imagem de um monge entrando na boca do inferno, o que significava para o autor um destino desconhecido.
Fico imaginando o que me daria mais medo: cair das alturas, ser atingido por flechas e lanças, dar de cara com esses homenzinhos de pouca conversa ou ser engolida pela boca gulosa.
Conclusão: preciso deixar a preguiça de lado e começar a caminhar! kkkk