sexta-feira, 23 de março de 2012

É tempo de cuidar da terra

O outono chegou e estou muito animada diante da perspectiva de ver a minha horta atingir o seu auge.
Para aqueles que sobreviveram ao intenso calor do verão, a temperatura amena será um alívio. Pelo menos para mim.
Desde o dia em que comecei a aventura de fazer uma horta em casa, sem entender praticamente nada do assunto, até hoje, muita coisa mudou.
A rúcula, por exemplo, primeira estrela a brilhar na minha horta já não está mais aqui entre nós. Ela cumpriu o seu papel e por algum tempo fez toda a família feliz.
Em seu lugar está cebolinha, coitada, está meio arriadinha. Mas, ainda acredito que vá dar a volta por cima, estou torcendo por ela e cuidando, claro!



Alecrim rodeado pela hortelã, uma amizade inusitada e especial

Apenas um pé de alecrim sobreviveu ao verão, mas nem por isso ele tem se sentido sozinho. Está rodeado pela hortelã, que se espalha sem a menor cerimônia.
Salsinha precisa de cuidados

A salsinha está meio trêmula, com algumas manchinhas de verão, aquelas que aparecem na pele de quem se expôs aos raios de sol sem protetor solar. Imprudente!
Manjericão está lindo

O manjericão, do qual sou fã de carteirinha, está crescendo a cada dia. Para minha grande satisfação, ele segue firme e forte.
Ai que fofos!

Mas, o meu coração está apaixonado por um pezinho de tomate que apareceu na minha horta. Eu não sei como ele chegou ali, mas está fazendo o maior sucesso.
Pimentão apareceu sem ser convidado, mas hoje não posso imaginar a horta sem ele
Junto do tomate tem vários pezinhos de pimentão, são tão bonitinhos... eu até já colhi alguns para a salada.

???????????

Mas, uma coisa está me intrigando. São algumas folhas bonitas que apareceram na horta. De fato, ainda não identifiquei que são elas. Será de comer? Será de olhar? Se alguém souber que plantinha é essa, me avise.
Pitangueira, agora vai!

Eu tenho esse pé de pitanga há alguns anos, as frutinhas nunca apareceram. Mas, não desisto dela e nessa estação vou aguardar novamente ansiosa pelas pitanguinhas.
Ahhh...

Todos nós desejamos a você um outono de noites estreladas.