terça-feira, 17 de abril de 2012

Ele é o cara


Existe uma frase famosa que atribuem a Michelangelo, quando perguntaram como ele fazia para criar as suas esculturas. " - Simplesmente retiro do bloco de mármore tudo que não é necessário”.
Eu adoro essa frase, que considero uma lição de humildade e sabedoria.
Me lembra que é preciso ir além das aparências!
O artista se considerava, sobretudo, um escultor e deixou um legado para a humanidade, que causa espanto e inveja até hoje.
Quem não se lembra da Pietá que foi atacada por um fanático que não se conformava com sua perfeição e hoje está protegida por um vidro?
Conta o biógrafo Vasari, contemporâneo do artista, que Michelângelo, depois de terminar “Moisés” e diante de sua perfeição, teria batido no joelho da escultura e pronunciado a tão difundida expressão: “Parla!”
Outra escultura famosa do artista é Davi, Rei Israelita, de dimensão gigante.
Conta a história que a convite da senhora de Florença, Michelangelo foi convidado a dar sua opinião a respeito de um bloco de mármore que havia sido adquirido para realizar uma estátua colossal, projeto que, sem resultado, trabalharam outros escultores.
Dizem ainda que Davi foi, provavelmente, concebido como personificação do governo republicano que havia encomendado a execução da obra.
Ao contrário de outros artistas que já haviam feito esculturas de Davi, Michelangelo decidiu não recorrer ao símbolo das armas para representar o heroísmo do rei, simplesmente fez uma figura que expressa força e agressividade, mais em potência do que em atitude.
Por séculos, artistas ocidentais tem resgatado a escultura Davi como a beleza perfeita do homem. Ao pesquisar sobre a escultura, eu descobri que uma inspeção mais apurada revela que a estátua tem estrabismo no olho.
Essa imperfeição só foi descoberta recentemente.
Também com tanta coisa mais interessante para ver quem vai reparar nos olhos?