sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Quando a surpresa acaba mal


- Ai amor, você não sabe a surpresa que o marido da Ana preparou para ela?

E assim, com toda a emoção, ela contou tim tim por tim tim como o marido da amiga preparou o jantar no restaurante tailandês à luz de velas para comemorar o aniversário de 1 ano de casamento deles e, com o último suspiro...

- ...veja que graça, ainda entregou a ela um anel maravilhoso. Não é romântico?

O marido, um homem prático, achou aquela conversa chata. Porque se interessaria pelo que o outro cara tinha feito para a mulher, resumindo: O que ele tinha a ver com isso?
Para encerrar, respondeu:

-Sim.

Curto e grosso.

Se ele pudesse ler pensamentos, teria compreendido a mensagem da esposa: 

- Porque você não faz algo romântico assim para mim?

No último Dia dos Namorados, eu preparei uma surpresa linda para o meu marido. Um álbum de fotos, com imagens e objetos que contam a nossa história, desde que éramos namorados e isso faz tempo, heim?
Fiz uma surpresa e acabei surpreendida. Ele esqueceu a data e eu fiquei arrasada.
Não faz muito tempo uma amiga me contou que decidiu mudar o visual para surpreender o namorado, ela pintou os cabelos loiros de castanho. Acredite, ele não percebeu. 
Em outro caso, o marido desligado querendo surpreender convidou a esposa para um jantar romântico.

- Você fez as reservas? Ela perguntou.
- Sim, claro! Ele respondeu.  Devia ter dito claro que não. Quando eles chegaram o restaurante estava lotado e os dois tiveram que improvisar.

Em todos os casos, quem quis surpreender acabou surpreendido.
Mas, existem mulheres que levam essa história de surpresas a sério.
Eu conheço uma delas que esperou até o relógio marcar meia noite e 1 para lembrar ao marido que ele tinha esquecido a data do aniversário dela.
Ela ficou o dia inteiro guardando essa raiva no coração, esperando o relógio marcar as horas pacientemente, para surpreender o infeliz dizendo o quanto estava com raiva, triste, magoada e tantas coisas mais.
Até aquele momento ele não tinha percebido nada. Imagine o susto! 
Isso que é gostar de surpreender. Mas, o lado bom é que ele nunca mais esqueceu a data de aniversário dela, como poderia.
É certo que quem prepara a surpresa cria grandes expectativas.

- Ele vai morrer de felicidade!
- Será que vai chorar?
- Ficará tão feliz que pode até passar mal.

Por outro lado, quem é supreendido tem apenas alguns segundos para corresponder a altura. E alcançar a expectativa do outro às vezes é impossível.
Eu poderia dizer que o bom humor resolve nessa hora, mas eu confesso que quando o meu marido me surpreendeu ao esquecer o dia dos namorados eu não consegui achar graça.
O que dá certo é avaliar a atitude do outro, se foi apenas uma mancada ou se tornou padrão esquecer as coisas que são valiosas para você. E depois julgar.
Afinal, ninguém é perfeito.
Mas, a surpresa perfeita existe e quando ela acontece supera de longe todos os maus entendidos. É o amor, minha gente!