terça-feira, 18 de setembro de 2012

Saint Malot: a cidade murada dos piratas

EUROPA (2012)
 
França - Bretanha
 


Após alguns dias no Vale do Loire trocamos o ar do campo pela brisa do mar ao nos dirigir a Bretanha, onde o objetivo era conhecer o Monte Saint Michel. Após 3h30 na estrada, chegamos à cidade de Saint Malot, que está no meio desse percurso e resolvemos parar ali para pernoitar.  
Mas, aconteceu algo inesperado: nós nos apaixonamos pelo lugar.

 
Tão logo conseguimos um hotel, nós seguimos em direção a cidade murada para jantar. A Bretanha é famosa pelos crepes e os mariscos, muito parecidos com os bibigão que costumava dar em abundância na praia da Enseada.
 
 
 
 Eu optei pelo crepe e descobri que por lá a opção salgada tem a massa escura e é chamado de galete.
À noite, a vista da cidade murada impressiona, mas é de manhã que dá para ter uma noção completa da beleza do lugar.
 
 
A praia é aonde tudo acontece. No passado já era assim, quando entre os séculos 15 e 18 os navios piratas partiam da cidade em busca de tesouros e riquezas pelo mundo. Para recordar essa época, tem um navio museu aberto a visitação.   
 
 
A praia é imensa e muito bonita, principalmente vista do forte.  Mas, venta à beça e faz um frio danado. Isso porque nós estávamos no verão. Não à toa os europeus ficam malucos pelas praias brasileiras.

 
Na cidade murada as ruas estreitas estão apinhadas de lojas e restaurantes.

 
Experimente os biscoitos amanteigados feitos na região porque são ótimos. Aliás, em termos de sobremesa prepare-se para passar muito bem.

 
 
A cidade de Saint Malot deixou muitas saudades!