sexta-feira, 5 de outubro de 2012

New Wave, Neon ou Fluo?

 
Sabe quando eu sinto que estou ficando velha? Quando percebo que o que é considerado uma novidade para a minha filha, na verdade já é um velho conhecido meu.
Essa é a sensação que eu tenho quando olho nas vitrines das lojas as roupas e acessórios com as cores tendência do verão 2013.
Quem curtiu como eu a moda New Wave, sabe do que eu estou falando.
Ou será que é possível esquecer quando nos cobríamos de roxo, verde limão, amarelo cítrico e laranja dos pés a cabeça? Eu nunca consegui.
Aliás, quando fecho os olhos consigo ver eu vestida com a calça fusô  (hoje chamada de legging de lycra) branca, verdadeiro hit na época, e um camisão roxo, dançando na discoteca do Tebar, a badalada Delírius.  
 
Era o auge da década de 80, quando o ícone era a Cyndi Lauper, e a música que ganhava a pista era uma mistura de eletrônica, mod e disco.
Hoje eu passo em frente às vitrines e sinto uma sensação estranha de déjavu, mas não consigo disfarçar o desgosto.  É que a moda New Wave voltou a estar em alta, agora com outros nomes: Neon ou Fluo.
 
 
Apesar de ter curtido essa tendência, com os anos passei a olhar com menos admiração à moda da década de 80, incluindo as enormes ombreiras.
Essas também apareceram como tendência no último inverno, mas dessa vez não me pegou. Ufa!
Ó My, agora só faltam às polainas brilhosas e o cabelo no estilo dos meninos do “Menudo”, quem lembra?   
 
Com os anos, eu aprendi que a roupa não deve chamar mais atenção do que a sua dona.  
Mas, para não parecer uma chata, rancorosa e desanimada eu encontrei uma solução: vou tentar usar os tons vibrantes nas unhas e quem sabe alguns acessórios.
Uma pitadinha de humor para recordar os velhos tempos.