terça-feira, 30 de abril de 2013

Espelho, espelho meu: as rugas precisam mesmo aparecer?


Segundo uma pesquisa recente do Journal of Cosmetic Science, dos Estados Unidos, as rugas foram consideradas os sinais mais impiedosos do envelhecimento cutâneo e campeãs de reclamação de quem luta para manter a pele sempre jovem e bonita.
Com certeza, nós, brasileiras, concordamos com a opinião das americanas!
De acordo com os especialistas, para se livrar - ou, pelo menos, amenizar - os efeitos causados por essas indesejáveis marquinhas no rosto, é preciso conhecer suas características. Por exemplo: você sabia que existem quatro tipos de rugas? 

Vou te ajudar a conhecer um pouquinho cada tipo e as particularidades das rugas que mais comprometem a juventude de nossa pele.

Rugas Finas:

São aquelas comuns em pessoas de pele branquinha e com pouco mais de 30 anos. Elas estão diretamente relacionadas à perda de colágeno (substância responsável pela manutenção da tonicidade e resistência da pele). Apesar de ser o tipo mais superficial, dá um aspecto quebradiço à pele, que se agrava, principalmente, pela exposição diária aos raios solares, mas pode ser tratada com peelings superficiais, lasers e luz intensa pulsada.

Rugas profundas:

Essas são consequências naturais do envelhecimento e costumam aparecer devido à perda intensa de colágeno e afinamento da derme, principalmente a partir dos 45 anos. Dermocosméticos com firmadores e, em alguns casos, tratamentos a lasers mais profundos são indicados.

Marcas de expressão:

Localizadas na testa, entre as sobrancelhas e ao redor dos olhos, as marcas de expressão são os vilões de quem faz muitos movimentos faciais para se comunicar, independentemente da idade. Para evitar o problema, vale a pena apostar desde cedo nas aplicações de toxina botulínica, capazes de diminuir a intensidade das expressões.

Rugas gravitacionais:


Causadas, principalmente, pela redução das fibras colágenas e elásticas, as rugas gravitacionais aparecem juntamente com a flacidez dos músculos, deixando sobras de pele, geralmente, no ângulo da mandíbula. Ela é comum a partir dos 60 anos. Volumizadores, aparelhos de radiofrequência e lasers podem atenuar essas marcas.

Evitar que as rugas apareçam: impossível! Mas atenuar suas marcas e ainda deixar nossa pele saudável e bonita: isso, sim, é totalmente possível. Minha dica é (independente da sua idade): procure um especialista e faça uma avaliação para descobrir qual é o melhor tratamento para o seu caso.
E quer outra dica? Procure a Bella Fisio, em São Sebastião! As meninas da clínica vão te ajudar a ficar com a pele linda... tudo para você continuar encantada!