sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Capriche na alimentação e volte às aulas numa boa!

 

As férias escolares acabaram e chegou a hora de muitas famílias retomarem a rotina com a criançada.
Horários certos para acordar, para fazer as lições de casa, ir a aulas extracurriculares, enfim, um corre-corre que, desde cedo, muitos pequenos já enfrentam.
Como ajudá-los a ter energia para mais uma maratona de estudos e, ainda, ter pique para brincar?
Uma boa alimentação pode fazer toda a diferença!
Segundo os especialistas, além de melhorar o desempenho, ela facilita também o aprendizado, afinal, são seus nutrientes que fornecem energia para crescer, brincar, estudar e aprender.

Para começar: nada de pular o café da manhã!
De acordo com os médicos, esse hábito ruim atrapalha o rendimento escolar.
E quando chega a hora do intervalo, para quem estuda de manhã, a fome é tão grande que muitos estudantes abusam dos alimentos calóricos, ricos em gordura e carboidratos.
O café da manhã é a principal refeição do dia e o momento ideal para o consumo de fibras e também do leite e seus derivados.

Quanto ao almoço, a recomendação é a mesma, ou seja, não deixe de fazê-lo, substituindo-o por lanches rápidos!
O almoço é a segunda principal refeição do dia e fornece energia para que possamos continuar com as atividades - especialmente para quem precisa de pique para estudar e trabalhar!
É o momento ideal para reunir uma grande diversidade de nutrientes. Carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais estão presentes nos alimentos típicos dessa refeição, como o arroz, o feijão, os legumes, as carnes e as verduras.

(buffet de saladas e pratos quentes do Restaurante Atobá)

Uma dica interessante dos nutricionistas é incluir azeite de oliva extravirgem, óleo de canola e óleo de linhaça, que são ricos em “ácidos graxos insaturados” - que fazem parte da estrutura das células nervosas e garantem eficácia na troca de informações entre elas, contribuindo para um raciocínio mais rápido.

E para finalizarmos, a velha e boa recomendação: alimente-se de três em três horas!
Isso vale para você (pai ou mãe) e também para a criançada.
E, ah... Quase ia me esquecendo: bebam muita água; no mínimo, oito copos por dia.
E na hora de montar a lancheira do filhote, use a criatividade! Capriche nos alimentos saudáveis e salpique tudo com muito amor.

Boa volta às aulas!