quarta-feira, 11 de junho de 2014

Casa Cor - Salas se transformam em ninhos

Se convivemos com a falta de privacidade nas ruas, a solução é criar em casa um ambiente mais íntimo, cercado de peças que lembram a infância, como um ninho, onde a proposta é aconchego.
Por isso, a maior maior dos ambientes da Casa Cor 2014 levava as cores marrom e cinza escuro.
Em algumas salas, há um excesso informação, com mistura de objetos de várias épocas e tecidos de várias estampas.

Várias estampas, quadro sobre papel de parede, luz indireta.
O vermelho e o verde fazem a ligação entre os elementos.
Para alguns pode ser muita informação e é, mas eu achei lindo.

Mistura de quadros, organizados de um jeito desorganizado.
Repare que no centro da mesa tem vasos com mini laranjas,
uma forma de trazer a natureza para dentro de casa.
Com a madeira, o ambiente ganha ares de cabana de inverno.
Falta só o chocolate quente, não é?

A cor marrom, novamente luzes indiretas, muitos quadros na parede.
Aqui a novidade é a cortina de fios, pois dá aconchego e ainda permite a contemplação da cidade.

As cores preto e branco predominam, os pontos de
 cores mais intensos, como vermelho e amarelo, aparecem nos objetos.
Perceba a simetria e as prateleiras de livros

O que chama a minha atenção são as ripas de madeira nas parede.
A sala é moderna, com elementos contemporâneos,
como a mesinha lateral feita com canos de cobre e a luminária moderninha.
Almofadas com textura e pufes multiúso com estampas coloridos.
Leveza e alegria.

O sofá com todas essas almofadas sugere conforto.
O quadro apresenta as fachadas de várias casas, com cores intensas.
Perceba como a flor roxa da mesa de centro dialoga com o quadro.

Elegância. Aqui tudo combina.
O desenho do tapete casa com o design das cadeiras e com as mesas de centro.
Sofá com encosto baixo destaca a tapeçaria com estampa étnica.
É um ambiente masculino.

Essa sala é um convite para reunir os amigos e jogar conversa fora.
Sofas, poltronas e tapete na cor cinza escuro.
A luz externa e as plantas não deixam o ambiente carregado

Mistura de texturas também tornam o ambiente aconchegante.
Aqui aparecem na parede, no tecido do sofá (veludo) e na mesa de centro.
Os poás das almofadas e o estilo da poltrona criam um espaço retrô.
 
Esse sofá é sinônimo de elegância. Um clássico.
Aqui impera a qualidade e não a quantidade.
Os objetos e os móveis foram escolhidos para sobreviver ao modismo.
Poucos elementes fazem com que o tapete ganhe destaque.
Adorei a mistura de luminárias laterais e de mesas de centro,
tornam o ambiente mais leve e feminino. 

Sofá imenso. Mistura do cinza com o pink. Masculino e feminino.
É ousado.

Os elementos contemporâneos, como a cadeira feita com plástico,
e a escolha de uma paleta de cores frescas, verde cítrico e vermelho sangue,
misturados aos móveis mais antiguinhos
difarçam a idade da sala.

Sala Chocolate. Predomínio do marrom, nas paredes,
nos móveis e almofadas, contrata com objetos brancos.

Sala Chocolate. uma forma diferente de iluminar a sala.

Sala Chocolate. Um cantinho de leitura.

Nste ambiente, as cores "doces" suavisam a sala e dá um ar retrô.
Lá no fundo o sofá de estampas circulares nas cores preto e branco
 combinam com as almofadas.

Uau! Essa sala é de tirar o fôlego. Aqui predominam as imagens clássicas.
Veja a pintura do teto e das paredes.
Ao mesmo tempo, o designer quebra a monotonia ao propor uma sala de jantar amarela.
Nada mais atual.
Um choque. Me diga: Onde estou por favor?