segunda-feira, 23 de maio de 2016

Grama de Algodão - Uma Flor Apaixonada pela Terra da Garoa

O aromatizador da "Grama de Algodão" ficou ainda mais lindo nesta xícara

 A minha amiga Valéria Souza Ramos, colunista deste Blog, em seu último post sobre o Qatar falou sobre a importância dos aromas para o nosso bem estar e felicidade, ela escreveu  o seguinte: 
 "A alma ou o espírito humano é o seu centro de energia, e é reforçada por cheiros agradáveis. Então, quando você pulverizar um bom perfume, ou acender um incenso, ou mesmo quando você sentir o aroma de café fresco ou de uma refeição bem cozida, um vislumbre de felicidade se arrasta em seu coração e seu espírito fica elevado e re-energizado". 
Inspirada pela Valéria, eu resolvi contar sobre o meu mais novo achado, o perfume para a casa da Grama de Algodão, que eu comprei em um galpão na Vila Madalena, em São Paulo. 
O cheirinho é uma delícia, mas fica ainda melhor depois que a gente conhece a história por trás do frasco. 
Uma história criativa e delicada.



O vendedor me contou que a Grama de Algodão é uma flor típica do Ártico, mas que uma delas - a que inspirou a criação da marca - teria nascido acidentalmente em São Paulo. 
Essa florzinha cresceu solitária e não imaginava que algum dia seria tão apaixonada pela cidade.
Mas, foi isso mesmo o que aconteceu. 
A flor para demonstrar todo o seu amor pela metrópole decidiu trazer um pouco mais de conforto à cada canto em que planta as suas sementes. 
Em homenagem ao lugar que a acolheu desde o nascimento, cada nova semente leva o nome de um ponto importante da cidade, pontos que marcam todos nós com lembranças e boas experiências.
Existem os aromas: Ibirapuera, MASP, Oscar Freire, Parque Minhocão e a Pinacoteca.
Ao todo são 5 sementes, mas o objetivo desta flor é se multiplicar gerando novas sementes que homenagearão tantos outros lugares.
A marca possui valores vão além do consumo. 
Ela acredita, por exemplo, que "pode fazer parte da transformação diária da cidade, tornando-a mais aconchegante para as pessoas que a ocupam e assim transformar toda a selva de pedra em uma grande colônia, mais humana, elegante e cheirosa”.
Eu não duvido que essa flor apaixonada vai conseguir o seu objetivo. Aqui em casa eu já plantei uma sementinha e ela está fazendo muito sucesso. 
A marca Grama de Algodão é um exemplo de que a critividade voltada para o bem dá ótimos resultados. 
Eu espero que essa história sirva de inspiração para outros empreendedores e marcas para que criem laços afetuosos com os seus clientes e não os vejam apenas como potenciais pagadores. 
Se você gostou desta história, acesse a fanpage da marca: https://www.facebook.com/Grammadealgodao/?fref=ts