quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Chapéu de Palha - Acessório indispensável para quem visita as praias do nordeste



O vento constante que sopra no Estado do Ceará, nordeste de Brasil, torna o clima do nordeste mais ameno, se não fosse por ele seria muito desconfortável ficar na areia da praia ou passear pela cidade durante o dia sem "derreter" no calor.
Por outro lado, o mesmo vento faz com que a gente fique mais tempo exposta ao sol e perca a noção do quanto está queimando a pele e o couro cabeludo. Por isso, um acessório fundamental para curtir as praias do nordeste é o chapéu de palha.


Nenhum outro tipo de chapéu combina mais com a região do que esse.
Como venta bastante, para que o chapéu fique bem preso na cabeça é importante adorná-lo com um lenço, que você pode trocar de acordo com a cor ou modelo do biquini ou da roupa.
O chapéu de palha além de ser um item de proteção contra os raios solares, também dá um charme diferente para os looks.


Por serem básicos, esses chapéus combinam com quase todas os tipos de roupas. Basta mudar o lenço ao redor dele ou acrescentar um broche, uma flor ou o que mais a sua imaginação permitir para ter um acessório novo e personalizado.
No Ceará, eles também representam uma fonte de renda para as famílias que ganham a vida tecendo e entrançando as palhas da carnaúba para fabricar os tão belos chapéus.
A arte de confeccionar chapéu de palha tem resistido ao tempo e ultrapassado gerações. A matéria prima, a palha da carnaúba, é abundante na região como pude observar durante a viagem que fiz de Fortaleza até Jericoacoara.
A carnaúba, aliás, é a árvore símbolo do Ceará e aparece até na bandeira do Estado.


Ela é chamada de Árvore da Vida, porque se presta a uma infinidade de usos ao homem. As raízes têm uso medicinal.Os frutos são ricos em nutrientes para a ração animal, o tronco é madeira de qualidade para a construção.As palhetas secas são usadas na produção artesanal, como os chapéus, por exemplo, e fertilizante do solo, revestimento de casas, etc
O fornecimento de cera de folhas jovens é utilizada no fabrico de velas, filmes plásticos e fotográficos, vernizes, lubrificantes, fósforos, isoladores, , cosméticos. Participa da composição de cobertura, a confecção de chips, tonners, e indústria alimentícia.
No Nordeste brasileiro habitações inteiras são construídas com materiais retirados de Carnaúba. É o exemplo máximo da adaptação do homem às condições de subsistência
Um fato importante é que sua colheita não agride o meio ambiente, uma vez que as folhas extraídas renascem na safra seguinte.
Viu só quantos valores importantes estão presentes em um chapéu de palha?

Gostou do Post? Então, talvez você também goste de ler:

Ceará: Cumbuco, Preá e Jericoacoara - Uma viagem na direção do vento