quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Paella Valeriana

Por Valéria Souza Ramos


Apesar de participar de uma cooking class de paella valenciana na bela cidade de Valência, terra natal deste prato na costa lesta da Espanha, local onde nasceu a paella, hoje adoro elaborar a Paella Valeriana. De lá para cá fiz aproximadamente 50 paellas para amigos, família e apreciadores dessa especialidade espanhola.


A paella surgiu como alimento dos camponeses, nos séculos XV e XVI. Quando saíam para o trabalho rural, levavam arroz, azeite de oliva e sal, além de um recipiente para cozinhar: uma panela redonda com alças, ampla e rasa chamada de "paella". A origem desta verdadeira delícia está fortemente relacionada ao campo, por isso os ao prepará-la incorporavam à receita do prato os ingredientes que encontravam pelo campo, tais como, carne de caça, sobretudo de lebre e de pato, legumes da estação e açafrão, especiaria nobre retirada das flores e que dá ao arroz um sabor especial e o colorido amarelado tão característico. Passado algum tempo, a paella difundiu-se e alcançou todo o litoral valenciano.
A partir daí, acrescentou-se à receita os frutos do mar: camarões, lulas, vôngoles, mexilhões, lagostins e polvo, tornando-o um prato misto (terra e mar).
A origem da palavra paella vem do latim "patella", uma bandeja usada na antiga Roma destinada às oferendas aos deuses, nos rituais de fecundação da terra. Dizem também os historiadores que a palavra "paella" surgiu quando os trabalhadores rurais voltavam para seus lares nos finais de semana quando, em homenagem às suas esposas, preparavam essa deliciosa iguaria "para ellas" dando origem ao nome.
Na paella que preparo, geralmente uso os ingredientes convencionais. Às vezes, gosto de acrescentar algo diferente ou um temperozinho mais brasileiro, por isto a chamo de Paella Valeriana, por ser uma receita preparada a minha maneira.
Como vivo fora da minha terra natal e adoro receber amigos em nossa casa, adotei a paella como prato principal nas nossas reuniões quando estamos na pátria amada. É um prato muito apreciado pelo brasileiro e sempre faz muito sucesso nas minhas festas e reuniões familiares.


Nossa cozinha no Brasil, com a brisa do mar, perfeita para meus hobbies culinários


Minha assistente predileta: mãos para toda obra!



Meu companheiro de vida é cliente preferencial!



Prazer em cozinhar e em servir



Onde há Paella Valeriana, há bons amigos!



Esta foi em Madrid, cozinhei com muito carinho para meus pais que estavam lá nos visitando, olha a carinha de feliz e satisfeito, amei!