segunda-feira, 17 de abril de 2017

Cláudia Canova apresenta a coleção afetiva “Pontos de Tina”


Quem de nós já não brincou de ligar os pontinhos para ver uma imagem surgir bem diante dos nossos olhos?
E se você fizesse isso hoje, seguisse os pontinhos, mas ao invés da imagem você fizesse uma viagem ao seu passado...
Se esse passado pudesse ser resumido em uma lembrança, qual seria?
A artista Cláudia Canova Passos ligou os pontinhos e com eles traçou o caminho até a casa da sua tia Tina, uma rendeira de mão cheia.


Ela lembrou o quanto gostava de ver a tia rendando com delicadeza as imagens da fauna e da flora.
Era como se a tia tivesse todo um universo da floresta dentro da sua cabeça e isso sempre a impressionava.
A vida traçou o seu próprio caminho e Cláudia Canovas seguiu a linha traçada, criando peças de cerâmica com formato de bicinhos que são quase invisíveis aos olhos da maioria.
São joaninhas, escaravelhos, besouros...
Nessa viagem ao tempo, ela se inspirou a fazer uma homenagem para sua tia e criou a coleção “Pontos de Tina”.
A coleção está muito delicada, ela decora as peças com traços e pontos coloridos, como se estivesse rendando na cerâmica.
Cláudia encontrou o caminho até o seu passado e, com o olhar sensível de artista, colocou em sua obra muito amor para homenagear a alguém que a ensinou a olhar a natureza de um jeito muito especial.
Para conhecer o trabalho da artista Cláudia Canovas, clique aqui: http://www.lojaencantes.com.br