domingo, 30 de dezembro de 2012

Os sete pecados da moda no Reveillon na praia

Sabe quando você olha a foto da viagem de réveillon e sente vontade de chorar? Isso já aconteceu comigo tantas vezes que resolvi criar a minha própria lista para evitar os micos.   
Espero que seja útil a você também.
Não tenho qualquer intenção de interferir no seu look, afinal feio mesmo é ser estraga prazer.
Beleza não se discute. Mas, o que é feio pode gerar grandes discussões. Vamos a elas!

1 - Usar roupa em tamanho menor do que o biótipo
Sabe aquela roupa amarelo “ouro” que você usou no réveillon do ano passado? Ela ficou guardada no armário o ano todo aguardando a ocasião perfeita para ser usada. E adivinhe, a ocasião perfeita é novamente o réveillon, afinal, depois de tanto tempo, quem se lembraria dela, não é? O problema é que, na última vez, que você usou a roupa estava com 4 quilos a menos.  
A menos que queira se tornar a piriguete da festa, deixe o passado para trás. Ano novo, roupa nova!

2- Expor imperfeições como, por exemplo, celulite aparecendo no shorts curtinho ou "pneu do abdômen" saltando para fora da blusa curtinha ou muito justa.
Não pense que é porque é réveillon ninguém vai reparar nos seus excessos. Amiga, coisa triste de dizer, mas esses deslizes nunca passam despercebidos.  A cor branca não ajuda nessa hora, se estiver fora de forma evite essa cor porque marca demais. Opte por um tom mais alegre e se sentirá em paz do mesmo jeito. Se exagerar no ‘curto’ e ‘justo’ o look fica vulgar. Mais um pecado!

3 – Não seja alvo de brigas entre os casais. Branco é um perigo!
O branco é mesmo a cor preferida nas festas de réveillon. Eu adoro essa cor, sempre! Mas, quem vai passar a festa no litoral precisa ficar atenta porque essa cor revela tudo e mais um pouco e se você estiver molhada, então, será um espetáculo a parte. Para não ser o alvo de brigas e separações de casais, melhor ficar esperta para ninguém te jogar na piscina, não escorregar ao pular as ondinhas na praia e buscar um abrigo na hora da chuva. Caso contrário, com certeza vai causar uma situação entre as suas amigas. Ninguém vai gostar do namorado/ marido ficar te olhando com olhos de lobisomem.
Se mesmo assim, você não desiste do branco, uma dica é usar a camisa do namorado. Eles  tem esse privilégio de mostrar o corpinho sem causar tanto reboliço.

4 – Perfurar a areia da praia com salto alto parece desespero.
Isso não existe é o que você pode estar pensando. Mas, eu posso garantir que tem gatinhas e gatonas que preferem ficar pregadas na areia da praia do que descerem do salto alto. Isso vai contra o bom senso. Quem faz isso vira alvo de comentários maldosos. Parece desespero de quem quer chamar atenção a qualquer custo. Certifique-se antes de usar sapato de salto alto se a festa é próxima da praia, se for escolha um modelito mais casual. Ah..., por favor, não suje a praia. Não existe nada mais cafona do que isso.

5- Exagerar na maquiagem e na produção dos cabelos.
Quem está na praia, principalmente Litoral de São Paulo, deve estar preparado para o inevitável nessa época do ano: a chuva. Evite maquiagens que possam borrar em contato com a água para não acabar a noite com cara de derrotada. Outro detalhe são os cabelos. Melhor prender ou que fazer chapinha. Já pensou todos na praia, pulando ondinhas e estourando champanhe enquanto você está preocupada com o cabelo?
Se essa não é uma opção: que tal improvisar uma touca? Quem paga um mico paga dois. Brincadeirinha...

6 – Se beber ou comer demais, não vomite na casa do dono da festa
Réveillon é comum exagerar na dose, mas falta de educação é o maior dos pecados. Não beba a ponto de perder o controle e deixar os outros convidados desconfortáveis com a sua presença. O mesmo serve para a comida. Por favor, não vomite na casa do dono da festa. Antes, cole em alguém e peça ajuda. Não vai evitar os comentários, mas evitará ser retirada da lista de convidados do próximo réveillon. Limpar vômito é péssimo, dos outros é algo para nunca esquecer.
Muito importante: Se você for passar o réveillon na casa de um amigo, não vá embora sorrateiramente. Seja educado e ofereça ajuda. Se não puder, por estar bêbada demais ou com filhos pequenos, explique a situação, agradeça e só então vá embora.

7 – Nunca vá a uma festa de mãos vazias
A menos que você tenha pagado uma quantia para ir à festa, nunca chegue de mãos vazias. Uma festa de réveillon que reúne muita gente geralmente é um evento planejado com antecedência. Pergunte para o dono da casa o que pode levar para contribuir com a ceia. Se ele responder que não precisa de nada, leve um espumante. Você se sentirá parte do grupo.  

Esses são alguns pecados de moda que eu lembrei. Mas, existem muitos outros. Se você não
conseguir evita-los, vai fazer o que?
Alguns pecados são divertidos e vai render boas gargalhadas.
Os grandes pecados..., ora, como disse Jesus: Jogue a primeira pedra quem nunca pecou.  
Se perdoe, lembre-se você terá um ano novo todinho a sua frente para esquecer o seu pecado capital e sempre haverá uma festa de réveillon em algum lugar...

Eu desejo a você um ano realmente novo.
Feliz 2013, encantados!