quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Caminhando sem lenço e sem documento

É impressão minha ou este ano voou?
Já estamos indo para o mês de novembro!!! Que loucura!
Daqui a pouco, pensaremos nos presentes de Natal, nos comes e bebes das festas e naquela famosa lista de desejos para o próximo ano.
Aliás: você conseguiu realizar, em 2013, tudo que havia planejado?
Um sábio amigo me disse que muitas de nossas frustrações são causadas por nós mesmos, pois, às vezes, traçamos algumas metas um tanto quanto difíceis de serem alcançadas. Isso porque, realizar exige esforço! É preciso sair da zona de conforto; ter disciplina, determinação e foco. Ter vontade é bom, mas se não houver motivação, abandonamos o barco no meio do caminho. Aprendi que avaliar previamente as reais possibilidades (e as reais intensões) ajuda-nos a montar um planejamento mais "pé no chão", listando somente aquilo que, de fato, vamos conseguir (e querer) executar.
Este ano, posso dizer que eu quis e fiz! Deixei para trás uma rotina, uma estabilidade, para me aventurar em novos desafios. A maioria das minhas escolhas deu certo e, a todo instante, vivenciei a "lei da atração". Notei que pessoas e situações aconteceram (e ainda estão acontecendo) porque eu me abri para a vida.
Para 2014, continuarei sem roteiro. Não pretendo fazer muitos planos. Vou deixar por conta do acaso.
Bom, esse foi um prévio balanço do meu 2013! E você? Já parou um minutinho para pensar como foi o seu?
Beijos encantados e até a próxima...ainda este ano :)

"Pedi e dar-se-vos-á; buscai e encontrareis; batei e abrir-se-vos-á" (Mateus, 7:7)