domingo, 21 de dezembro de 2014

Dicas de Alimentos do Bem



É comum exagerar na comida ou deixar de comer, cada um tem o seu jeito de ser. O fato é que a maioria, incluindo eu, se alimenta muito mal.
Por isso, eu fiquei muito feliz quando conheci a Rafaella Martins no evento Submerso, realizado na Fragatas, que reuniu jovens criadores de São Sebastião. Ela estava sentada, rodeada de chás e alguns produtos que eu nunca tinha visto ou ouvido falar.
Eu me aproximei um pouco desconfiada, mas muito curiosa. Dizem que a gente come com os olhos, rsrsr. Eu achei as embalagens e os utensílios para chá super gracinhas e comecei a fazer várias perguntas.

Eu descobri que a Rafaella é bióloga e sempre trabalhou em empresas de mergulho profissional. Ela contou que a loja virtual “Alimentos do Bem” foi uma consequência da sua própria mudança alimentar.
“Comecei trocando a farinha de trigo branca pela farinha de arroz e, como uma boa formiga, adaptei receitas de doces. Como não achava nada aqui, decidi começar a vender. Minha maior alegria é ouvir as pessoas que consomem o produtos dizer: Como estou melhor! Sou outra pessoa!”.
Eu perguntei se, além de saudáveis, os produtos são saborosos. Ela garantiu que sim. Mas, para tirar essa e outras dúvidas eu convido você a ler a nossa conversa e espero que sirva de inspiração para que comece a pensar melhor sobre o alimento que está consumindo.  

1 – Muita gente pensa em usar os produtos saudáveis quando quer emagrecer. Existe algum produto que emagrece ou é mito? Se existe qual é o nome e como pode ser preparado?
Emagrecer é matemática. Entra menos gasta mais. Não tem segredo, não existe milagre. Há bons alimentos, que nutrem, saciam e melhoram o metabolismo. Assim, o emagrecimento é uma consequencia do bom funcionamento do organismo.

2 - Fale um pouco sobre os produtos que você vende, os mais procurados.
Vendo algumas farinhas funcionais, doces de alfarroba, massas funcionais, produtos orgânicos como cookies, barras de cereal, frutas secas, sementes, óleo de coco e produtos derivado de mel do Apiário Silvestre.
O que mais vendo são os doces de alfarroba e as massas. Pois, têm menos gordura, não tem sódio, glúten e não têm conservantes. Podem ser consumidos por alérgicos, intolerantes, celíacos e diabéticos.


3 – Chá não é tão popular no Brasil, você acha que isso está mudando? Fale sobre os benefícios do chá.
Chás são meus remédios. Presentes da natureza que nos auxiliam em tudo. Os antigos e pessoas do interior usam muito. Temos excelentes ervas no Brasil. Inclusive exportamos muito para empresas internacionais, que produzem cosméticos e medicamentos caros com o que vem das nossas florestas.
Indico para todos. Desde bebês a idosos. Principalmente para dores rotineiras, como cólicas, dores de cabeça, infecções e dores no corpo.


4 – No final do ano, é comum as pessoas exagerarem na alimentação. Você tem alguma dica para elas, como trocar algum alimento por outro ou um chá para melhorar a digestão?
Eu trabalho com blends de chás orgânicos The Gourmet Tea. Indico o Detox, excelente para o metabolismo e para a digestão.
E nos alimentos sempre dá para trocar o chester pelo Peru, farofa com bacon por farinha de amêndoa, com outras sementes e vegetais, doces com creme de leite e leite condensado por leites vegetais e biomassa de banana verde.
Pequenas trocas fazem muita diferença.

5 – Você gostaria de deixar um recadinho para as pessoas que desejam se alimentar bem, mas não sabem por onde começar?
Comecem pelo simples a farinha branca, pelas farinhas funcionais. Isso não é moda. O glúten de hoje é modificado geneticamente. Imagine de 6 refeições consumir pelo menos 3 com glúten ao logo da vida! São inúmeros processos inflamatórios. Isso gera desgaste.
Comer sempre o mais natural possível, isso quer dizer que o alimento tem de vir da terra e ter poucos ingredientes na fabricação. Desconfie de tudo que tiver um monte de nomes estranhos.
Consuma orgânicos. Hoje temos alguns lugares que vendem esse tipo de produto como na divisa, em Barequeçaba e uma feira em Caraguá.
Isso é muito sério! Hoje há mais obesos do que subnutridos. O mundo está doente. Basta olharmos ao nosso redor, quantos ficam gripados ou têm câncer, diabetes problemas renais. E como diz o Dr Lair Ribeiro, nunca é tarde para mudar!


6 – Se possível, me conte uma receita saudável e saborosa, sobretudo, fácil de preparar porque não sou um ás na cozinha, pelo contrário, rsrs.
Existem muitas..., mas a mais simples é a panqueca.
02 colheres de farinha de arroz
01 colher de polvilho doce
01 colher de alfarroba ou cacau
01 colher de qualquer outra farinha, como amaranto, melado de cana para adoçar, chia e água até ficar líquido mas cremoso.

Modo de Fazer: Frigideira até desgrudar e Pronto! A panqueca pode ser salgada também. Recheie com ganache de biomassa, geléia feita em casa, frutas picadas, sementes... uma infinidade de opções ricas em densidade nutricional!


Antes de finalizar a nossa conversa, eu pedi a Rafaella que deixasse uma mensagem para os leitores do Blog Encantes. “A Frase que mais amo é: Que seu alimento seja o seu remédio e, seu remédio o seu alimento, Hipócrates 400 a.C”.
Ano Novo. Alimentação Nova. Esse é um dos meus objetivos para 2015. Que tal?
Obrigada, Rafaella pelas dicas e por ter participado do Blog Encantes. Super beijo.

Contato da Rafaella: (12) 99739- 1432/98127- 3307/ 7850- 5657