quarta-feira, 22 de junho de 2016

Um encontro com a vida





Seja lá aonde isso me levar, hoje eu acordei com vontade de segurar a minha vida nas mãos e girá-la bem devagarzinho para enxerga-la passando em frente aos meus olhos e ir se modificando aos poucos. 
E foi isso o que eu fiz. Fechei os olhos, pedi proteção e fiz a viagem de volta no tempo... 

A casa onde eu passei a infância, o dia em que conheci o meu marido, quando recebi o resultado do vestibular, o nascimento dos meus filhos...
Em cada giro, eu pude perceber que a minha vida se renovou com a descoberta de novos lugares e novas pessoas.
Enquanto olhei para a minha vida, vi também algumas imagens tristes. As brigas que tive com os meus pais, a separação de algumas amigas queridas, a desilusão com a carreira profissional...
Olhando para tudo que passou, algumas coisas já não fazem sentido. Outras, permanecem comigo e eu sei que terei que carregá-las por algum tempo. 
Bem, que eu gostaria de dizer que olhar o passado de frente resolve todos os problemas.
Eu ainda não compreendo algumas coisas e de outras nem me sinto merecedora.  
Agora que revi a minha vida ainda me sinto confusa. 
Mas, não importa que decisão eu tome eu sei que tudo depend das minhas decisões. Foram elas que me fizeram ser quem eu sou.
Eu sei que posso permanecer onde estou e lamentar pelas coisas que eu deixei passar e todas as decisões erradas que eu tomei na vida ou seguir adiante, fazendo de cada dia um novo recomeço.

- Mas, por onde começar? Em qual direção seguir? Eu tenho me questionado sobre isso.  

Ao olhar a minha vida e rever os bons e maus momentos, algo em mim mudou e sinto uma vontade cada vez maior de explorar o meu universo. 
Uma hora eu me encontro.