sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Tudo bem, é tudo aprendizado.





Por Giobert M. Gonçalves

A primeira etapa do aprendizado é a INCOMPETÊNCIA INCONSCIENTE. Você não sabe e não sabe que não sabe. Vive na ignorância e pode ser muito feliz com isso. Aliás, nem poderia chamar de primeira etapa de aprendizado porque é o que antecede o aprendizado, é a zona morta. Mas uma hora alguma coisa acontece e cria um start. É quando você descobre que ir de carro é mais rápido, e aí, começa o processo.


Isso me faz lembrar uma amiga que fundiu o motor do carro porque não sabia que ia água no motor. A outra foi pior, o carro parou e ela se apavorou, desceu e pegou um taxi para casa. Quando o marido chegou e perguntou o que tinha acontecido ela disse que não sabia. Qual foi o problema? Tinha acabado a gasolina... Tudo bem, é tudo aprendizado.
A segunda etapa do aprendizado é a INCOMPETÊNCIA CONSCIENTE. Você se dá conta de que não sabe, descobre a sua ignorância e a partir daí começa a buscar o conhecimento e a experiência. É o momento do aprendizado em que o erro faz parte porque você ainda não aprendeu. Se você desiste nesse momento você perde a oportunidade de aprender a lidar com a frustração. Muitas pessoas desistem nesse momento porque não conseguem lidar com o erro, mas o erro é apenas um feedback de que ainda não consegui fazer do jeito certo. É quando você entra no carro pela primeira vez. Aí o instrutor senta do teu lado e diz: arruma o banco e o espelho verifica a marcha e liga o carro sem esquecer-se de dar a seta para sair e não tira o pé da embreagem agora senão o carro morre... E você olha para o instrutor, sem ter se mexido e diz: “Oi?”. Tudo bem, é tudo aprendizado.
A terceira etapa do aprendizado é a COMPETÊNCIA CONSCIENTE. Você já sabe como faz, mas faz mecanicamente prestando atenção a cada etapa do processo. É a hora que você sai dirigindo o carro depois de ter passado no exame com suor e com louvor. Senta no banco do carro, verifica se está na posição correta, inclina um pouco o encosto e acha que não ficou bom, volta o encosto no lugar que estava antes e respira. Respira duas vezes! Coloca o cinto e novamente ajeita o espelho e olha nos seus olhos e diz: “agora vai!”, vê se a marcha está no ponto morto e repassa tudo de novo, ok! Pisa na embreagem gira a chave no contato e dá a partida engata a marcha e solta a embreagem enquanto vai pisando no acelerador sentindo o carro se mover dá a seta e vai. Ufa! Toca o celular e o carro morre... Tudo bem, é tudo aprendizado.
A quarta etapa do aprendizado é a COMPETÊNCIA INCONSCIENTE. É a hora do tudoaomesmotempoagora! Você entra no carro arrumando a cadeirinha do bebê enquanto passa o batom usando o espelho retrovisor e liga para a empregada pelo viva voz do celular pedindo que ela faça aquela carne para o jantar, responde para a sua filha adolescente que não, ela não vai voltar depois das meia noite da festinha no final de semana e se vira pra trás para certificar se trouxe o terno do marido para deixar na lavanderia, e nesse momento você pensa: “Ah! Preciso passar no posto para por gasolina e verificar a água”. Tudo bem, é tudo aprendizado.